6/07/2011

Pastor faz protesto em frente ao templo do Apostolo Ezequiel


Dinheiro, igreja e pastor são três coisas que parecem, quando juntas, sempre gerarem polêmica.

“Minha casa está penhorada por dívida do Projeto Vida Nova. Exijo medidas urgentíssimas do apóstolo Ezequiel Teixeira” essa era a frase escrita em uma das faixas exibidas em frente a uma das filiais da igreja Projeto Vida Nova pelo casal Daniel e Zélia.

Membros do Projeto durante muitos tempo o casal conta que há trintas anos foram avalistas de uma transação realizada pelo Pastor Israel Teixeira que, na ocasião, resolveu comprar uma sala de cinema ,o ex cine de Ramos, para abrir mais uma filial de sua igreja.

O que aconteceu, segundo Daniel, é que o pastor não tinha dinheiro para dar como sinal na compra do imóvel e pediu que ele junto com mais sete membros da igreja abrissem uma conta no extinto banco Bamerindus e fizessem um empréstimo. Porém, só poderia entrar no negócio quem tivesse imóvel próprio registrado. Na época, o casal obteve apoio do pastor Ezequiel Teixeira para seguirem em frente no empreendimento, afirma ainda Daniel.

Depois de alguns anos, ao tentar vender a casa, o casal foi surpreendido com a notícia de que o imóvel está em penhora, foi quando descobriram que os pastores não haviam honrado o compromisso: “Sou um homem de honra, nunca fiquei devendo a ninguém, agora na minha velhice estou vivendo sem paz, porque tenho medo de uma hora pra outra leiloarem minha casa” desabafou Daniel.

O casal disse ter sido ameaçado pelo Apóstolo Ezequiel Teixeira que não gostou da manifestação feita por eles em frente à igreja dele: “O Apóstolo Ezequiel Teixeira ficou muito irado por termos feito à manifestação na frente da igreja dele, e me ligou aos berros, dizendo que tinha uma boa notícia para me dar, que iria me processar”, mas Daniel e Zélia se mostram confiantes e dizem que se houver justiça eles sairão vencedores.

O Projeto Vida Nova de Irajá não se manifestou sobre o assunto.

No comments: