10/07/2011

Prefeito diz que a cidade e de Jesus e sofre protesto de vereadores


O Prefeito de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, José Fortunati (PDT) discursou na Marcha para Jesus no último Sábado, 1/10, e afirmou que “o Senhor Jesus está no comando desta cidade”.
O evento, que reuniu aproximadamente 8 mil pessoas, e é realizado pelo Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos de Porto Alegre (CIMEPA), serviu também para a cerimônia de entrega das chaves de Porto Alegre aos Pastores da cidade. Fortunati afirmou ainda que a administração municipal é feita segundo a vontade de Jesus. “Eu sou simplesmente seu servo, procuro operar de acordo com sua vontade”, afirmou o Prefeito.
Fortunati ressaltou ainda que foi eleito para governar para todos os cidadãos de Porto Alegre, porém incentivou os presentes a orarem pedindo a Deus que através da espiritualidade, a cidade seja melhor. “É importante também que a cada momento possamos resgatar e estabelecer com nosso povo uma relação direta com a palavra de Deus. Temos que rezar e orar para que a espiritualidade cresça na capital de todos os gaúchos. E para que esta cidade represente tudo o que queremos. Uma cidade que dê abrigo a todos, mas que, acima de tudo, tenha ao Senhor, nosso Deus”, disse o Prefeito.
A repercussão do discurso de Fortunati, entre os vereadores não foi positiva. Segundo Pedro Ruas (PSOL) as palavras do Prefeito feriram a Constituição Federal: “desrespeita o conceito de Estado laico”. O vereador Sebastião Mello (PMDB) também se pronunciou contrário à atitude do Prefeito, e afirmou que “há coisas mais importantes” para Fortunati se preocupar.

No comments: