10/08/2011

Protesto no funeral de Steve Jobs


A Igreja Batista de Westboro, da cidade de Topeka, no Kansas (EUA) anunciou no Twitter, através da filha do fundador da igreja, Margie Phelps, que irá protestar no funeral de Steve Jobs, fundador da Apple, morto no último dia 05/10 em decorrência de um raro tipo de câncer no pâncreas.
Margie Phelps, que também é advogada da igreja, convocou os membros da igreja com um tuite que foi enviado a partir de um iPhone, um dos mais bem sucedidos produtos que foram inventados por Steve Jobs. Em sua convocação, Margie afirma que “[A igreja de] Westboro vai manifestar-se no seu funeral. Ele tinha muitos seguidores de sua plataforma; não louvava Deus & promovia o pecado”. Horas depois, a conta de Margie foi desativada pelos administradores do Twitter, devido a inúmeros protestos dos usuários.
Sobre a ironia de convocar um protesto através de um aparelho desenvolvido por Jobs, um porta-voz da igreja se pronunciou ao jornal “The Washington Post” afirmando que “Deus usou Steve Jobs para criar coisas fantásticas para a WBC (Igreja Batista de Westboro) pregar”.
A Igreja Batista de Westboro se envolveu em uma polêmica recentemente, quando protestou contra a banda Foo Fighters em frente ao ginásio que a banda faria um show, afirmando que eles promoviam “a fornicação, adultério, idolatria e bichas”. O fundador da Igreja, Fred Phelps, que ficou conhecido como “Profeta do Ódio”, não se pronunciou sobre o protesto.

No comments: