6/15/2012

Parabens a Korea do Sul


Na Coreia do Sul os livros didáticos não conterão mais nenhuma informação sobre a teoria da evolução proposta por Charles Darwin, que afirma que tudo que há na Terra partiu de um ancestral em comum.
Com isso, as editoras que fornecem esses materiais para as escolas terão que retirar fotos e textos que mostram a evolução humana, afirmando que eles descendem dos macacos. A decisão foi aprovada pelo Ministério da educação sul-coreano depois que uma movimentação realizou uma petição para que os textos sobre a evolução fossem revisados.
Mas o fato não tem ligação com a religião do país predominantemente cristão, mas aos erros que muitas vezes mostram os humanos tendo ancestrais de cavalos. Os professores de biologia e ciências estão no comando da Sociedade de Revisão de Apostilas e resolveram averiguar os casos.
A decisão foi bem recebida pela população, já que um documentário mostrou que quase um terço dos sul-coreanos não acredita na teoria da evolução, enquanto que o criacionismo tem muitos adeptos no país.
Porém, um cientista evolucionista da Universidade de Seul, Dayk Jang, diz que não são apenas os erros dos livros ou o número de cristãos que atrapalham o ensinamento do darwinismo, mas a também a falta de professores qualificados para tratarem sobre o assunto em sala de aula.
Segundo ele há apenas dez evolucionistas que dão aulas para o ensino médio e cursos de graduação do Coreia do Sul. Jang se preocupa agora com a queda desse número, já que os materiais didáticos não farão mais referência à essa teoria.
Com informações Revista Galileu
Comento:O governo da Korea esta de parabéns pela essa atitude louvável. 

1 comment:

Anonymous said...

Palmas para a coreia del sul.