6/20/2013

Vamos encher a cara antes de ir para o culto?So se for com vinho

Certo reverendo me chamou de legalista e ser contrario a lei de Deus, somente por discorda do uso de barba e beber vinho com álcool.

Depois volto para este assunto, mas antes quero escrever aqui sobre a igreja anglicana, melhor chamar de igreja da England,o anglicanismo surgiu em torno de questões que envolvia diretamente os interesses da monarquia britânica. Na England,o rei Henrique Vll(1491 1547)teve grande importância na consolidação dar reforma.Henrique Vll e a igreja já tinham uma relação pouco amigável quando em 1527,o rei exigiu que o papa de Roma anulasse seu casamento com a rainha casamento com a rainha Catarina,Henrique Vll alegava que sua esposa não teve condições para lhe oferecer um herdeiro saudável que continuasse a sua dinastia .O bispo de Roma resolveu não atender os clamores do rei.Porque  o tio de Catarina,o rei Carlos estava ajudando a igreja romana contra os avanços dos luteranos.
Inconformado com a rejeição papal,Henrique Vll ordenou que o parlamento da England a votar uma serie de leis que colocava a igreja Anglicana no controle do Estado,Já no ano de 1534,o chamado ato de Supremacia criou a Igreja Anglicana e o rei seria considerado o principal mandatário da nova igreja.

A parti dessa nova medida, Henrique Vll casou-se com a jovem Ana Bolena,alem disso realizou a expropriação e a venda dos feudos pertencentes aos católicos romanos.Essa situação fez com que os farmer  e a burguesia  passassem a ter influencia maior na política.

A Igreja anglicana já começou errada pois seu chefe a criou(separou de Roma) para ter seus interesses realizados,Jesus Christ condena o divorcio,pois escrito esta,o que Deus  juntou não separe o homem,motivo da separação da nova Igreja? Divorcio,o rei disse vou separa uma igreja de acordo com meus interesses,os interesses de Roma ficara em segundo lugar.

Melhor dizendo, a Igreja Anglicana e o catolicismo britisher,a única diferença e que os reverendos de la,podem casar,fora isso,podem tomar vinho alcoólico,ter cabelos igual o de sansão,barbas igual a de leão e etc.

E um catolicismo disfarçado de protestantismo. La no Brazil existe a Igreja Anglicana Reformada agora pergunto onde e que teve reforma? Posso dizer que e um catolicismo Brazileiro,única diferença e que também os reverendos de la podem casar.

O reverendo da Igreja Anglicana reformada me acusou praticamente de herege, pois condenei (na realidade quem condena e a Bíblia) o uso do álcool, cabelo crescido para os homens e cabelos curtos para as mulheres.
O reverendo me acusou de ser contra a lei de Deus, absurdo sem tamanho, pois a única coisa que disse foi sobre o uso da barba e bigode,(cuidado você que e pastor bigodudo e barbudo)

Disse ao dito reverendo, então contrate alguns escravos e ponha para trabalhar na sua igreja. O reverendo escreveu um jornal no seu blog por causa de uma simples frase.

A maioria dos trabalhadores-escravos hoje, não foram tomado a forca e muito menos comprado, foram contratados e depois foram feitos de escravos trabalhando de forma humilhada para seus senhores.

O dito reverendo queria o quer? Tomar na base do stick os trabalhadores escravos, hoje não funciona mais assim. Na lei Deus permitiu a escravidão, então se ele quer viver na lei precisara de escravos.

O reverendo citou varias passagens do VT para confirma o uso da barba,mas esqueceu que a lei também proibia comer marisco,carne de porco,coelho,lebre,e todos os peixes que não possua barbatanas e escamas.
Mas esta parte o reverendo pula, pois não interessa para ele, ele deveria também ser circuncidado, pois todos que viviam debaixo da lei passaram pela circuncisão, creio que o reverendo não foi circuncidado neste caso ele já pecou contra a lei e um incircunciso.

Tomar vinho e pecado?

Para mim sim("O vinho é escarnecedor, e a bebida forte, alvoroçadora; todo aquele que por eles é vencido não é sábio" (Provérbios 20:1).O autor de provérbios diz  que existe perigo no vinho e que ele e escarnecedor.

Quando sacerdotes, profetas e juízes bebem, eles desviam os homens de Deus. O texto a seguir ressalta o mesmo pensamento: "A sensualidade, o vinho e o mosto tiram o entendimento" (Oséias 4:11). "Ai daquele que dá de beber ao seu companheiro, misturando à bebida o seu furor, e que o embebeda para lhe contemplar as vergonhas! Serás farto de opróbrio em vez de honra; bebe tu também e exibe a tua incircuncisão; chegará a tua vez de tomares o cálice da mão direita do SENHOR, e ignomínia cairá sobre a tua glória" (Habacuque 2:15-16).

A bebida forte tem um passado sórdido. O justo Noé caiu por causa do vinho: "Bebendo do vinho, embriagou-se e se pôs nu dentro de sua tenda" (Gênesis 9:21). Parece que a bebida alcoólica influencia a pessoa para fazer o que jamais faria se estivesse sóbria.

Absalão decidiu matar Amnom enquanto este bebia, talvez por crer que ele seria menos capaz de se defender se estivesse num estado um tanto inebriado: "Absalão deu ordem aos seus moços, dizendo: Tomai sentido; quando o coração de Amnom estiver alegre de vinho, e eu vos disser: Feri a Amnom, então, o matareis. Não temais, pois não sou eu quem vo-lo ordena? Sede fortes e valentes" (2 Samuel 13:28). Um dos pecados de Belsazar, na noite em que viu a mão na parede e em que seu reino foi tomado, foi o fato de estar bebendo: "Beberam o vinho e deram louvores aos deuses de ouro, de prata, de bronze, de ferro, de madeira e de pedra" (Daniel 5:4).

Nunca fiquei sabendo que alguma pessoa  que tomasse um pequeno copo de vinho fraco diluído na proporção 4:1 de água como acompanhamento de uma refeição. Os vinhos, as cervejas e os licores de hoje enquadram-se na categoria de bebida forte, e nenhum texto sequer pode ser encontrado na Bíblia que permita que sejam consumidos por um filho de Deus.

Paulo estimulou a Timóteo a beber um pouco de vinho por questões de saúde, se Timóteo fosse bebedor de vinho, que gostava de encher a cara de pinga,,por que então Paulo orientou a tomar um pouco de vinho,isto nos leva a crê que tomar vinho não deve ser um regra,apenas foi um conselho dado por Paulo a seu filho na Fe,não esquecendo que hoje em dia muitos remédios contem álcool e muitos tomam por necessidades não por prazer.

A Bíblia exige de nos que sejamos sóbrios (leia com cuidado 1 Tessalonicenses 5:6; 2 Timóteo 4:5; 1Pedro 4:7; 5:8)a primeira conseqüência da bebida e a falta de inibições a falta do auto-controle,e aproveitando vem também a falta de juízo.

Muitos enche a cara de cachaça para ter coragem,outros se aproveitam da bebida forte para falar algo  que não teria coragem quando esta sóbrio.

Ao irmão que gosta de vinho vai uma frase de Paulo’’ E bom  não comer carne e nem beber vinho(Romans 14:21)

Conclusao: beber vinho e pecado sim,mas tem alguns reverendo da Igreja da England renovada,que na verdade e a igreja católic Brazileira que gosta de saborear um wine.

Sobre a barba falaremo em breve.



 Pastor: MGomes,colaborou Brother Gary.

No comments: